Marcação de Consulta: 71 3234.9399

Aumentar fonte: A+ A A-

Notícias

Coren-BA empossa comissão de ética do Hospital Humberto Castro Lima

A comissão de ética do Hospital Humberto Castro Lima tomou posse na tarde desta quinta-feira (26), no auditório da unidade médica. A cerimônia foi aberta pela presidente do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia (Coren-BA), Maria Luísa de Castro Almeida, que ressaltou a importância do ato.
“Quero parabenizar vocês por estarem assumindo esta tarefa e agradecer pela disponibilização. A comissão de ética é o braço do conselho em cada unidade de saúde. Precisamos tomar o nosso Código de Ética como nossa bíblia. Vocês serão os difusores, que estarão reproduzindo e divulgando o código de ética entre os colegas”, destacou a presidente.



Em seu discurso, Maria Luísa também ressaltou as realizações da Gestão Novo Tempo frente ao Coren-BA e convocou os profissionais a participarem da gestão, abrindo um canal de diálogo constante. “Estamos devolvendo aos profissionais de enfermagem os valores pagos, com uma gestão participativa e transparente. Queremos nos aproximar cada vez mais do profissional, inclusive integrando-os aos processos éticos”, afirmou a presidente.
A comissão de ética da unidade é composta pelas técnicas de enfermagem Luciana Barbosa Bispo Dias e Viviane Jonas Santos, pelas auxiliares de enfermagem Sônia Maria Almeida Sacramento e Mirian Silva Rocha Soares, e pela enfermeira Liranei Limoeiro Lima, que assume a presidência  da comissão. Na suplência, estão os técnicos de enfermagem Edenilton Costa Damasceno, Maria da Conceição Damião Rodrigues e Josenilda Santos Oliveira Silva, além da enfermeira Fernanda Maria Pinto Portela.



Para a presidente da comissão, enfermeira Liranei Limoeiro Lima, a constituição do grupo é fundamental para o exercício profissional dentro das unidades de saúde. “A formação da comissão de ética é muito importante, porque a enfermagem vem evoluindo ao longo do tempo e é imprescindível a criação de um comitê que tome a frente e divulgue a legislação da classe.  É uma forma de ajudar no crescimento e desenvolvimento das categorias”, pontuou. A vice-presidente da comissão, enfermeira Fernanda Maria Pinto Portela, fez questão de completar: “É uma forma de nortear a equipe com relação à revisão dos processos”, concluiu.

Fonte: http://www.coren-ba.com.br/