Marcação de Consulta: 71 3234.9399

Aumentar fonte: A+ A A-

Notícias

HHCL apoia o Novembro Azul

O cuidado com a saúde do homem deve receber atenção durante todo o ano. No entanto, no mês de Novembro é promovida uma campanha de conscientização sobre a importância de exames periódicos para combater o Câncer de Próstata. Durante todo o mês, empresas e instituições realizam atividades, lembrando a necessidade do diagnóstico precoce.

De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva), no Brasil, esse tipo de câncer é o segundo mais comum entre os homens, ficando atrás apenas do Câncer de pele não melanoma. Alguns casos de câncer de próstata podem ter seu desenvolvimento rápido, espalhando-se para outros órgãos e levando até a morte. Porém, na maioria das vezes, ele cresce de forma bastante lenta, demorando uma média de 15 anos, para atingir 1 cm³. Por isso é tão importante que os homens façam exame de rotina, para que tenham mais chances de evitar a doença.
 
O Câncer de Próstata
O Câncer, também conhecido como neoplasia, é uma doença na qual ocorre o crescimento acelerado e desordenado de algumas células. No câncer de próstata, as células provenientes da próstata, que é um órgão muito pequeno situado no corpo masculino, logo abaixo da bexiga e à frente do reto, podem invadir os tecidos e órgãos e se espalharem por outras partes do corpo, o que chamamos de metástase.

O desenvolvimento da doença
É comum o câncer de próstata ter seu desenvolvimento bem lento, acometendo mais frequentemente homens com idade acima de 50 anos. Apesar das causas não serem bem definidas, existem fatores que influenciam o surgimento da doença, como os genéticos.  Homens com parentesco mais próximo de pessoas acometidas com a doença têm mais chances de desenvolvê-la.
 
 
Os sintomas
Na fase inicial, os pacientes não costumam apresentar sintomas. Mesmo em um estágio pouco mais avançado, a grande maioria dos pacientes não terá sintomas ou, em alguns casos, terá apenas dificuldades para urinar e aumento da frequência urinária. Já em fases mais complexas da doença, pode haver a evolução desse quadro para uma obstrução urinária, com dores no reto ou na parte óssea, bem como fraqueza e desânimo.
 
O diagnóstico
Para obter-se um diagnóstico mais preciso, os homens devem fazer a biópsia da próstata. Havendo aumento do antígeno prostático específico (PSA em inglês) no sangue e/ou alteração no exame de toque retal, o paciente é encaminhado a realizar a ultrassonografia transretal com biópsia da próstata para averiguar a presença da doença.

O tratamento
A recuperação do câncer da próstata pode envolver vários tipos de tratamento: a cirurgia, a radioterapia, a prescrição do uso de hormônios ou a quimioterapia. O tratamento ideal é definido pelo médico, levando em consideração o estágio da doença e as condições gerais de saúde do paciente. Para a fase cirúrgica do tratamento, o Hospital Vila da Serra possui uma das mais avançadas e seguras técnicas: a cirurgia robótica.

A cura
Quando a doença é diagnosticada precocemente, o tratamento tem grandes chances de ser bem-sucedido. Caso a neoplasia de próstata seja identificada em seus estágios iniciais, a cirurgia deverá ser considerada como forma de tratamento, assim como a radioterapia e a braquiterapia.
 
 
Fique de Olho! A prevenção é o melhor caminho!